Logística elástica, tendência a serviço da evolução das cadeias de suprimentos

16 Fevereiro, 2022 otimização da cadeia de suprimentos

A logística está evoluindo em sintonia com a indústria em saltos gigantes desde o começo da era digital. E depois da pandemia, outro grande acúmulo de mudanças e avanços foram necessários nas cadeias de suprimentos e nos processos logísticos. Assim, naturalmente surgiram novas soluções e metodologias para os desafios atuais. 

Uma delas é a instabilidade da demanda, uma realidade que se tornou mais aguda especialmente no setor retail, onde as flutuações já eram comuns. Do mesmo modo, os comércios online foram obrigados a flexibilizar a logística para  responder às novidades. 

A logística elástica  se apresenta nesse contexto como uma forma de lidar com os problemas de transporte, armazenamento, as defasagens na demanda e a introdução de novos canais de comunicação com o cliente, o omnichannel, que por sua vez exige preços competitivos, devoluções gratuitas e entregas imediatas, objetivos difíceis de alcançar sem uma logística eficiente e uma cadeia de suprimentos coordenada e cada vez mais flexível. 

Logística elástica: operações sob medida 

A logística elástica é uma forma de gestão da logística baseada completamente no que o mercado pede, escalando as operações e recursos de um armazém para se adaptar aos altos e baixos da demanda. 

E a primeira coisa que se consegue desta forma é ajustar a produção, evitando perdas e economizando custos. Além disso, é possível evitar os problemas tanto dos excessos de estoque, como de desabastecimento (overstock e quebras de estoque). Para isso, conhecer a capacidade do sistema de armazenagem do sistema é essencial, bem como poder adequar a armazenagem aos pedidos

Vantagens claras

A logística elástica é uma ferramenta real para aumentar a eficiência, já que permite atender todos os pedidos sem perder em custos, e, além disso, atender a clientela. E tem mais vantagens, como: 

  • Aumentar o controle, rastreabilidade e visibilidade dos produtos e das operações. 
  • Evitar os excedentes de armazenagem
  • Impulsionar a fidelização do cliente.
  • Ajustar os custos aos lucros.
  • Prevenir o desabastecimento e o overstock.
  • Gerenciar novos pedidos com mais eficiência na preparação e expedição. 

Como aproveitar a logística elástica 

Para implementar a logística elástica e começar a obter seus benefícios, as organizações podem seguir algumas pautas: 

  • Implementar um software de gestão 

Já mencionamos antes que os softwares de gestão logística, o Big Data e as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TIC), aumentam a produtividade ao facilitar a coleta e a gestão dos dados de forma otimizada e eficiente. No caso dos armazéns, é uma parte fundamental de sua automação, o que por sua vez aumenta a flexibilidade logística e garante a escalabilidade da instalação. 

Com sistemas de gestão de armazéns e o big data , podem ser previstos os níveis ideais de estoque em cada local. Além disso, um programa de gestão de armazém é fundamental para que o chefe logístico tenha dados suficientes para uma boa tomada de decisões. 

  • Usar Just-in-time para reduzir o inventário 

A chamada "justo a tempo" é uma metodologia logística que permite reduzir o estoque - e seus custos - ao mínimo, adquirindo apenas os produtos necessários no momento e lugar corretos. Envolve uma grande engrenagem entre os atores de toda a cadeia de suprimentos. 

  • Preparar o armazém para ser flexível 

Um armazém flexível significa um armazém preparado para imprevistos, com um sistema de armazenagem com capacidade para os picos de demanda. O uso de prateleiras de carga pesada, que suportam uma tonelada por prateleira, ou prateleiras de paletes pode ajudar, por exemplo.

  • Terceirizar a logística

Torná-la externa é outra forma de buscar uma logística mais elástica. Neste artigo contamos para você sobre as vantagens para os armazéns, especificamente. 

Contratar uma empresa externa especializada, ou seja, um third party logistics (3PL), e ter profissionais com uma visão completa do inventário, facilitará a flexibilidade nos processos envolvidos, e em conjunto com as áreas comerciais, facilitará a melhor análise e previsão de cenários de demanda futuros

A logística elástica nasceu para diminuir custos de força de trabalho e armazenagem nas empresas, que apenas precisam adotar sistemas de gestão que permitam que elas se sincronizem com toda a cadeia de suprimentos para oferecer um serviço ágil e eficiente. 

Junte-se à conversa!

Deixe seu comentário

Mais sobre otimização da cadeia de suprimentos

Cadeia de suprimentos estendida na indústria cosmética

Assim como as próprias indústrias, a logística não parou de evoluir. Passou dos processos tradicionais focados em entregar os produtos corretos no menor tempo e com o menor custo, para uma rede cada vez mais complexa e inteligente de comunicação, gestão e controle com visibilidade de toda a cadeia em tempo real, graças a ferramentas tecnológicas e sistemas de informação cada vez mais avançados.

Cadeias de suprimentos circulares para um futuro sustentável

Apenas produzir e distribuir não é mais o suficiente. Saiba os benefícios do modelo do futuro: cadeias de suprimentos circulares.

Logística elástica, tendência a serviço da evolução das cadeias de suprimentos

Saiba mais sobre este novo modelo logístico, suas vantagens e como implementá-lo em sua empresa. Continue lendo!

Publicações mais recentes

A embalagem de mercadorias e suas considerações para exportação

Além da proteção e salvaguarda das mercadorias, a embalagem é importante por razões logísticas e legais. Conheça-as aqui!

Gestão bem-sucedida da cadeia de suprimentos e suas fases

Você vende alimentos de alta rotatividade? Você deve conhecer as cadeias de suprimentos para alimentos e sua gestão correta. Continue lendo!

A embalagem, suas possibilidades e seu impacto na distribuição de mercadorias

Conheça os tipos de embalagens, suas características, as alternativas e o que elas podem fazer pelos seus produtos. Continue lendo!