Solistica ao dia

Entérate de los más recientes acontecimientos e innovaciones en nuestra industria.

Solistica ao dia

Fique por dentro dos acontecimentos mais recentes e inovações em nossa indústria

Solistica ao dia

Find out about the latest developments and innovations in our industry

Solistica ao dia

Conoce algunos de nuestros casos de éxito y las soluciones que hemos desarrollado para nuestros clientes

Solistica ao dia

Conheça alguns de nossos casos de sucesso e as soluções que desenvolvemos para nossos clientes

Solistica ao dia

Get to know some of our successful stories and the solutions we have developed for our clients

Entérate de los más recientes acontecimientos e innovaciones en nuestra industria
    29 out 2019

    Chaves para a gestão e controle de riscos em logística

    Gestão de transporte
    Compartilhar:

    A grande quantidade de processos que formam uma cadeia de suprimento a torna suscetível a riscos que podem ser mitigados e evitados com planos de ação e prevenção.  Embora para isso seja requerido um esforço coordenado entre as áreas de logística, aquisições, jurídica, cumprimento e finanças; é necessário estabelecer uma cultura de prevenção em toda a companhia.

    Cada vez são mais as empresas que compreendem a importância de medir, monitorar e controlar falhas, deficiências e contingências logísticas através de um programa que considere os seguintes pontos:

    • Identificação de riscos potenciais:
    • Ou seja, determinar os fatores que podem afetar a cadeia de suprimento, por exemplo, desastres naturais, mudanças na legislação, perda de fornecedores, problemas de solvência econômica, greves e incidência de certos lugares e horários.

    • Avaliação e priorização de riscos: 
    • Ordenar os riscos segundo os seguintes critérios:
    • Tipo quantitativo (que se baseia em informação histórica, é mensurável e previsível)
    • ou qualitativo (que se baseia no julgamento especializado). 
    • Gravidade ou severidade: insignificante, moderada e forte.
    • Frequência: nula, rara, provável ou quase certa.
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  Velocidade: capacidade de detecção a tempo
    • Prevenção e solução de riscos:
    • Consiste em propor possíveis soluções para mitigar e evitar os riscos, por exemplo, melhorar os sistemas de qualidade, adquirir seguros contra riscos, contar com produtos de segurança e implementar sistemas de rastreabilidade e controle ao longo da cadeia de suprimento. Esse plano deve ser atualizado de acordo com as condições sociais e econômicas.

    • Controle
      :
    • Revisões periódicas para validar se os critérios de risco foram alterados, ou seja, seu nível de gravidade, frequência ou velocidade. Esse controle é baseado em indicadores de risco operacional, estatísticas de atividades, dados de incidentes e relatórios de controle, entre outros.

    Medidas de prevenção de riscos

    Os riscos na logística das mercadorias podem vir de múltiplos atores na cadeia de suprimento e podem, portanto, ser numerosos e variado. De modo que é difícil se pensar que exista a eliminação total de riscos.

    No entanto, é sim possível manter alguns riscos afastados e diminuir outros através de medidas de prevenção. Essas são algumas das principais:

    • Quanto ao transporte: investigação de acidentes, auditorias em transportadores , inspeções em unidades de transporte, seleção e treinamento do pessoal, monitoramento de trajetos, estabelecimento de custodia para unidades, realização de paradas programadas e implementação de sistemas de comunicação e geolocalização, alarmes automáticos, bloqueio automático de rodas e corte de combustível.

       

    • Quanto a inventario: a distribuição de inventários para garantir planos de contingência é primordial, bem como saber quanto inventário necessitamos em cada lugar e em cada momento, prever corretamente a demanda, estabelecer margens de segurança para o estoque e manter um controle em tempo real de tal inventario.

       

    • Quanto ao picking: rotatividade de equipes de trabalho nos centros de distribuição de origem e recebimento e consolidação sem detalhe de clientes.

       

    • Quanto a software: roteamento fechado por sistema.

       

       

    • Estatisticamente estima-se, em nível global, que os custos por contingências e negligencias superam quase cinco vezes os custos que podem derivar de implementar estas práticas de prevenção, de modo que, como costuma ser em quase todos os âmbitos, a prevenção é sempre mais recomendável em números.

    Estatisticamente estima-se, em nível global, que os custos por contingências e negligencias superam quase cinco vezes os custos que podem derivar de implementar estas práticas de prevenção, de modo que, como costuma ser em quase todos os âmbitos, a prevenção é sempre mais recomendável em números.

     

    Conselhos para melhorar a gestão de riscos

    A seguir apresentam-se alguns conselhos para fazer da administração de riscos um processo mais efetivo:

    1. Formar alianças estratégicas com fornecedores para aproveitar alguns benefícios como vantagens em escala e serviços prioritários.
    2. Supervisionar que a qualidade e a quantidade de mercadoria que se recebe dos fornecedores esteja de acordo com os requisitos estabelecidos previamente nos contratos.
    3. Certificar que o processo de contas a pagar garanta que as faturas correspondam exatamente ao que foi pedido, ao mesmo tempo em que se evitam faturações duplicadas.
    4. Contar com processos e tecnologia corretos que evitem interrupções na cadeia de suprimento.
    5. Ter consciência dos novos riscos que são adquiridos com a implementação ou evolução dos canais de venda.
    6. Contratar seguros de carga para qualquer operação.

    Como um risco é um evento inesperado e que em muitas ocasiões é impossível medir as possíveis consequências legais, trabalhistas e financeiras para a companhia, contar com um operador logístico como a Solistica que ofereça soluções sobre administração de riscos pode ser de grande ajuda.

    Este sistema de gerenciamento oferece benefícios como a autoproteção diante de qualquer violação ao protocolo, eliminação do risco por fator humano, conhecimento em tempo real de qualquer tentativa de roubo e frustração de incidentes de roubo. Adicionalmente, oferece ferramentas para outros aspectos essenciais como o controle de jornada, as análises de produtividade, bem como a preservação de veículos e Log Center.

    Para saber mais, recomendamos que você também leia Disrupção tecnológica no modelo 3PL para a América Latina

    Sobre el autor pt-br
    Solistica
    Solistica

    El contenido de esta publicación es brindado por el autor y no representa la posición de la empresa respecto al tema

    Buscador

      Motor de busca

        Search

          Artículos Recientes

          Artigos Recentes

          Recent Articles

          Historias Recientes

          Histórias Recentes

          Recent Stories

          Suscríbete al Blog

          Inscreva-se no nosso blog

          Subscribe to the Blog

          New call-to-action
          Panorama da indústria logística

          Assine aqui!