Solistica ao dia

Entérate de los más recientes acontecimientos e innovaciones en nuestra industria.

Solistica ao dia

Fique por dentro dos acontecimentos mais recentes e inovações em nossa indústria

Solistica ao dia

Find out about the latest developments and innovations in our industry

Solistica ao dia

Conoce algunos de nuestros casos de éxito y las soluciones que hemos desarrollado para nuestros clientes

Solistica ao dia

Conheça alguns de nossos casos de sucesso e as soluções que desenvolvemos para nossos clientes

Solistica ao dia

Get to know some of our successful stories and the solutions we have developed for our clients

Entérate de los más recientes acontecimientos e innovaciones en nuestra industria. Fique por dentro dos acontecimentos mais recentes e inovações em nossa indústria Find out about the latest developments and innovations in our industry.
    27 dez 2019

    Soluções de armazenamento de peças automotivas [INFOGRAFIA]

    Todo sobre logística
    Compartilhar:

    No México, a fabricação de peças automotivas representa quase a metade da produção da indústria automobilística. Devido a isto, as companhias buscam uma melhoria contínua em seus processos de execução e armazenagem, que lhes garanta operações rentáveis.

    Para conseguir isto implementam estratégias como o método japonês dos 5s, criado pela Toyota nos anos 60 com o fim de organizar os locais de trabalho. Este modelo baseia-se em cinco passos:

    1. Seri ou classificação: reside na eliminação de todas as peças danificadas ou no descarte para manter um inventário ordenado que facilite a identificação das peças.
    2. Seiton ou ordem: trata-se de buscar melhores processos para a organização e o armazenamento que permitam otimizar tempos.
    3. Seiso ou limpeza: consiste em manter os produtos limpos e em boas condições para evitar perdas e acidentes.
    4. Seiketsu ou padronização: baseia-se em capacitar os empregados nas normas que devem ser seguidas para que os métodos operacionais sejam realizados da melhor e única maneira.
    5. Shitsuke ou disciplina: trata-se de aplicar as quatro etapas anteriores até que se consiga uma mudança positiva na companhia.
    Este método beneficia as companhias em vários aspectos:
    • Aumento da capacidade de armazenamento em uma mesma superfície.
    • Rápido retorno do investimento
    • Redução de tempo de busca e armazenamento.
    • Maior capacidade para abrigar produtos mais diversos.

    Para poder implementar o modelo dos 5s e obter os benefícios anteriores é necessária a classificação dos inventários segundo diferentes critérios:
    1. Por importância e nível de rotatividade
    2. Por suas características de armazenamento
    3. Pelo tipo de peças (mecânica, elétrica, material perigoso)
    4.

    Por sua validade e datas de vencimento (para produtos como baterias, adesivos etc.)

    Existe outro método para organizar inventários com base no valor contábil (de custo ou aquisição) dos materiais armazenados.

    Solistica-Autopartes-INFOGRAFÍA V2PORTUGUÊS

    As estantes

    É necessário escolher as adequadas para o correto armazenamento. Existem:

    • Estantes para grandes cargas ou para produtos especiais. São as empregadas quando as dimensões ou peso da carga exigem (canos de mais de 1,5 m de longitude, pneus etc.)
    • Estante convencional. É a mais utilizada, utiliza-se para a armazenagem de mercadorias paletizáveis.
    • Estantes compactas. Recomendáveis quando se precisa armazenar grande quantidade de uma mesma referência durante um período de tempo médio– longo.
    • Estantes para cargas leves e mini load. Usadas quando o pequeno peso dos pacotes a serem armazenados permite.
    • Silo autônomo. É o maior investimento possível em um armazém tanto em nível de estantes como de equipamentos de manutenção. Em essência trata-se de estantes com grande altura com corredores, sendo cada um deles atendido por uma empilhadeira.
    • Estantes móveis: movimentam-se sobre trilhos de tal forma que o corredor de acesso é único em todo o bloco. São utilizadas quando o volume do armazém é a principal restrição.
    Outra solução: que outros façam isto!

    Trabalhar com um operador logístico ou armazenadora que se encarregue de toda esta parte da cadeia de suprimento, pode ajudar muito a diminuir os custos logísticos.

    Sobre el autor pt-br
    Solistica
    Solistica

    El contenido de esta publicación es brindado por el autor y no representa la posición de la empresa respecto al tema

    Buscador

      Motor de busca

        Search

          Artículos Recientes

          Artigos Recentes

          Recent Articles

          Historias Recientes

          Histórias Recentes

          Recent Stories

          Suscríbete al Blog

          Inscreva-se no nosso blog

          Subscribe to the Blog

          New call-to-action
          Panorama da indústria logística

          Assine aqui!