Solistica ao dia

Entérate de los más recientes acontecimientos e innovaciones en nuestra industria

Solistica ao dia

Fique por dentro dos acontecimentos mais recentes e inovações em nossa indústria

Solistica ao dia

Find out about the latest developments and innovations in our industry

Entérate de los más recientes acontecimientos e innovaciones en nuestra industria. Fique por dentro dos acontecimentos mais recentes e inovações em nossa indústria Find out about the latest developments and innovations in our industry.
    26 ago 2019

    O Big data transforma a logística

    Tendências logísticas
    Compartilhar:

    Graças ao big data, a logística evolui e se começam a processar dados sobre a cadeia de suprimento que contribuem na tomada de decisões estratégicas e táticas para melhorar ingressos, aumentar economias e proporcionar melhores experiências aos clientes.

    De acordo com a Gartner, companhia líder em investigação e consultoria de tecnologias da informação, big data se refere a todos os dados verdadeiros, de grande volume, alta velocidade e grande variedade que requerem novas e rentáveis formas de processamento para melhorar ideias, tomar decisões e automatizar processos.

    Assim como outras áreas, a logística realiza tarefas de mineração de dados e inteligência empresarial para tornar os processos mais eficientes, reduzir custos e aumentar níveis de serviço através da coleta e da análise da informação que vai sendo gerada ao longo da cadeia de suprimento: 

    SOL-Blog no. 3 DIC Big data transforma la logística V3-VFPORTUGUÊS

    Além de ter os dados, é necessário processá-los e aproveitá-los para criar, verdadeiramente, oportunidades de mercado. Não basta criar ou integrar uma solução de inteligência de negócios nas companhias, também se deve escolher os especialistas corretos que saibam analisar os dados, interpretá-los e entender seu significado nas operações logísticas e empresariais. Através de infraestrutura e software especial, capturam, organizam, classificam, descrevem, analisam e visualizam dados de toda a cadeia de suprimento, e empregam estas plataformas para desenhar painéis que mostrem informação e gerem relatórios.


    Aplicação do big data em logística

    O uso do big data na indústria logística se baseia em criar, analisar e explorar informação que contribua para a eficiência operativa, ofereça uma melhor experiência ao cliente, desenvolva novos modelos de negócio e proporcione uma vantagem competitiva, considerando os seguintes benefícios:

    • Otimização: o big data melhora o serviço, os tempos de entrega, o uso de recursos e a cobertura geográfica ao aproveitar dados de previsão em tempo real. Quanto mais breve e precisa seja essa informação, os resultados serão melhores e notados em toda a cadeia de suprimento.
    • Comercialização: a entrega de produtos cria pontos de contato com o cliente que proporcionam dados valiosos sobre o consumidor e o produto que, graças ao big data, são analisados e aproveitados pela área de inteligência de mercados.
    • Integração: as atuais soluções logísticas se integram perfeitamente à maioria dos processos de produção e distribuição, o que permite que se conte com informação atualizada sobre as operações do cliente, do mercado e da região. O big data detalha esta informação para evitar e solucionar interrupções.
    • Conexão: a potência do big data fortalece a rede de transporte e distribuição ao analisar informação sobre o fluxo de mercadorias, desde a realização do pedido até a entrega do produto.
    • Automatização: através do big data, se coleta automaticamente informação das unidades de transporte ao longo de sua rota, como dados demográficos, estatísticas climatológicas e status de tráfego.


    Da mesma maneira, atualmente as empresas especializadas em logística (3PL) produzem mais dados do que nunca graças aos inovadores sistemas baseados no big data que utilizam em seus processos e que geram informação relevante para as companhias que contratam seus serviços de logística e, agora também, de inteligência de negócios, por exemplo:

    • Análises de custos e eficiência: processam informação de acontecimentos passados para otimizar os rendimentos operativos futuros. Os 3PL podem ajudar a identificar os inventários, processos e clientes rentáveis e os não rentáveis.
    • Análises previsíveis: identificam padrões e tendências e analisam os dados históricos dos armazéns para proporcionar informação importante que preveja o que acontecerá dentro e fora do armazém ou rota, o que permitirá tomar decisões em longo prazo e encontrar oportunidades comerciais antes que a concorrência.

     

    Estas empresas especializadas em logística processam e analisam dados atuais e históricos das companhias - como inventários, pedidos, clientes, indicadores, rotas, sócios etc. - através de sistemas formais que os ajudam a tomar melhores decisões. 

    É hora de aproveitar o potencial do big data para otimizar processos, criar novos negócios e melhorar a experiência do cliente. As novas ferramentas tecnológicas estão permitindo que isto seja possível, e a colaboração de um 3PL pode torná-lo ainda mais rápido e efetivo.

    Sobre el autor pt-br
    Solistica
    Solistica

    El contenido de esta publicación es brindado por el autor y no representa la posición de la empresa respecto al tema

    Assine aqui!