Solistica ao dia

Falar de logística de materiais significa enfrentar desafios geográficos, políticos, econômicos e logísticos, especialmente quando se trata da indústria de saúde onde os requisitos de temperatura e tempo são muito rigorosos e diversos.

Entérate de los más recientes acontecimientos e innovaciones en nuestra industria. Fique por dentro dos acontecimentos mais recentes e inovações em nossa indústria Find out about the latest developments and innovations in our industry.
    27 jul 2020

    Logística de materiais de produção para a indústria médica

    Tendências logísticas
    Compartilhar:

    Falar de logística de materiais significa enfrentar desafios geográficos, políticos, econômicos e logísticos, especialmente quando se trata da indústria de saúde onde os requisitos de temperatura e tempo são muito rigorosos e diversos.

    Na indústria hospitalar, o processo de abastecimento consiste em garantir que medicamentos, materiais descartáveis, insumos, equipamentos e suprimentos estejam disponíveis para prestar um serviço de saúde de qualidade.

    Para conseguir isto, a logística deve considerar vários fatores que afetam diretamente os custos e a satisfação do cliente:

    • Carregamentos diários
    • Datas de vencimento
    • Precisão no gerenciamento de pedidos
    • Visibilidade em tempo real
    • Número de unidades diferentes
    • Condições ambientais (temperatura, umidade, esterilidade)
    • Falta de demanda
    • Tempos de fabricação
    • Outras características de produção
    • Entorno político, social, econômico e ambiental

    Além disso, deve-se considerar que geralmente o setor médico não possui padrões regionais em termos de logística, assim, todos os fornecedores são obrigados a cumprir as regulações próprias de cada país, por exemplo, etiquetagem, esterilização, transporte e instalações.

    Existem algumas estratégias para lidar com esta situação:

    • Implementar inteligência artificial, aprendizagem autônoma, mineração de dados e soluções de reconhecimento de padrões para atender os requisitos da cadeia de frio.
    • Investir em tecnologias como frotas conectadas, veículos elétricos e semiautônomos, drones etc., o que permite fornecer respostas logísticas em face a emergências, como a distribuição urgente de um determinado medicamento.
    • Desenvolver planos logísticos de acordo com tratamentos e programas de distribuição para que os fornecedores de saúde e da cadeia de suprimentos trabalhem de mãos dadas.
    • Criar estratégias que promovam a colaboração entre os fabricantes e os transportadores.

     

    Armazém de matérias primas

    Assim como no restante das indústrias, o armazém é um espaço de serviço e suporte para a área de produção; no entanto, no caso da indústria médica o grau de responsabilidade é maior devido à função dos produtos (curar, prevenir ou diagnosticar) e aos requisitos especiais de guarda, custódia, controle e armazenamento de que precisam.

    A empresa farmacêutica é a responsável por projetar os protocolos que garantem o cumprimento das boas práticas e o fornecedor de logística por implementá-los no armazém de acordo com as necessidades do fabricante, do cliente final e das autoridades nacionais e estrangeiras. Recomenda-se considerar estes pontos.

    • A infraestrutura do armazém deve responder às necessidades de armazenamento de acordo com o volume, a racionalidade no manuseio e os critérios de distribuição. Deve ter estantes, paletes, armários ou vitrines que mantenham uma distância adequada entre eles.
    • O recebimento da matéria prima deve ser realizado mediante a verificação da documentação que informe as características e requerimentos.
    • As amostragens devem ser realizadas exclusivamente pelo pessoal de controle de qualidade, e os registros de estoques devem ser revisados periodicamente.
    • As matérias primas devem permanecer na área de quarentena até sua aprovação pela área de qualidade. Depois deve ser realizado um controle de exigências com base no nível de rotatividade dentro do armazém.
    • Todos os processos de armazenamento devem ser acompanhados de um alto nível de saneamento e higiene do pessoal e das instalações, equipamentos, aparelhos, materiais, recipientes e produtos de limpeza e desinfecção.
    • Certificar-se de que na área onde a limpeza será realizada não haja nenhuma matéria prima descoberta.
    • O pessoal deve usar equipamento de proteção para a aplicação de produtos de limpeza.
    • Eliminar o excesso de umidade para evitar a contaminação microbiana.
    • Evitar e eliminar qualquer praga em todas as instalações.
    • As áreas de recebimento devem ser projetadas e equipadas de forma que os contêineres possam ser limpos antes de seu armazenamento.
    • Marcar claramente os espaços em que se guardam os produtos submetidos a quarentena.
    • Codificar os materiais através do sistema alfabético de acordo com suas características e especificações, ou por rotatividade: A, para alta rotatividade; B, para rotatividade média, e C, para baixa rotatividade.

     

    Cadeia de frio

    As áreas de armazenamento para matérias primas termossensíveis devem contar com equipamentos de climatização que mantenham as condições gerais. Da mesma maneira, os produtos devem ser organizados para facilitar a distribuição uniforme do ar e da temperatura. Para instalar um sistema de cadeia de frio devem ser considerados aspectos como os acima e os seguintes:

    • Ter a capacidade de manter a temperatura dentro dos limites de variação especificada.
    • Não colocar os produtos diretamente no chão.
    • Ter uma fonte de energia alternativa para usar em casos de falhas elétricas.
    • Evitar desconexões acidentais da fonte de energia.
    • Ter monitores de temperatura calibrados pelo menos a cada ano.
    • Localizar os equipamentos de refrigeração em áreas de pouca variação de temperatura e protegidas da luz do sol.

     

    Para que qualquer companhia pertencente à indústria da saúde ofereça a melhor atenção aos seus pacientes, deve ter uma boa cadeia de suprimentos que garanta que sempre terá os recursos em termos de tempo, quantidade e local.

    Essa tarefa pode ser difícil de seguir quando se têm outros objetivos, como cuidar da vida. No entanto, um operador logístico, como a Solistica, que possui experiência e know-how na indústria da saúde, pode ajudar com soluções como instalações dedicadas, armazéns secos e multitemperatura e cumprimento de normas legais.

    Sobre el autor pt-br
    Solistica
    Solistica

    El contenido de esta publicación es brindado por el autor y no representa la posición de la empresa respecto al tema

    Buscador

      Motor de busca

        Search

          Artículos Recientes

          Artigos Recentes

          Recent Articles

          Historias Recientes

          Histórias Recentes

          Recent Stories

          feature image
          Chegamos na Guatemala!

          Suscríbete al Blog

          Inscreva-se no nosso blog

          Subscribe to the Blog

          New call-to-action
          Panorama da indústria logística

          Assine aqui!